Papel Principal

8-Dezembro-2007

Quatro palavras, quatro doentes e quatro imbecis

Filed under: blogosfera,saúde,som do dia,televisão — Pp @ 0:48

Li no blogue da BLOGotinha um retrato digno duma repórter.

O relato mostra que tal como na televisão, bastam poucas, ou quase nenhuma palavra para que qualquer leitor/telespectador veja tudo e depressa.

É a cena cinamatográfica do abandono dum centro de saúde.

Metafóricamente é também o abandono dos doentes. Neste caso da Gotinha.

Vale ler e comentar.

Intervalinho Colectivo

11:20H

Caminho em direcção ao Centro de Saúde por causa do meu atestado médico. Deparo-me com a seguinte cena: a médica, a enfermeira, a administratva e mais 2 homens (presumo que delegados de propaganda médica) a entrarem para os carros. Pergunto se vão sair. Respondem-me que vão “fazer um intervalinho.”

– E demoram?

– É só tomar café!

Vejo-os a sair em 2 carros e entro no centro de saúde. O Centro de Saúde está ocupado com apenas 4 doentes. Não há um único funcionário. Isto será normal? Acontecerá noutros Centros de Saúde?! Acho tudo isto muito surreal. Claro que têm direito ao seu “intervalinho” mas será que têm que ir todos juntos? Todos ao mesmo tempo deixando o centro abandonado de responsáveis??! Não é a primeira vez que isto acontece. É a segunda vez que presencio mas seguntos os doentes da sala de espera é algo que acontece todos os dias.

Há coisas fantásticas, não há?!

BLOGotinha

Anúncios

25-Outubro-2007

Bebés, coincidencias e o raio das estatísticas

Um bebé morto na barriga da mãe é uma tragédia.

Cinco bebés mortos num mesmo hospital é “uma coincidencia infeliz

Vale bem o prémio nobel ao sound-bite patético do ano.

Quem vê ou ouve pode acreditar num primeiro momento. Mas a eficácia desta declaração substitui-se rapidamente pela dúvida.

Instalada e permanente.

E o raio dos consumidores de notícias são desconfiados pra burro.

São intuitivos e emocionais.

Um choque frontal com a frieza dos médicos a contar mortos.

Cinco fetos-mortos no Hospital do Barreiro desde Setembro DR “Coincidência infeliz” O Hospital do Barreiro registou cinco fetos-mortos desde 20 de Setembro, um valor próximo do total de 2006 e que foi explicado como uma “coincidência infeliz”, noticiou hoje a rádio Antena 1.
Cinco fetos-mortos no Hospital do Barreiro desde Setembro –

RTP Informação

14-Outubro-2007

Manual de surf político

Filed under: futebol,politica,radio,som do dia — Pp @ 15:10
Tags: , , ,

É a frase do dia.

Ou como "eu sobrevivo a qualquer líder"

Ou no PCP os líderes mudavam menos mas todos estavam com ele.

Rei morto, Rei posto.

É a Visão de Zita. Sempre na crista da onda.

Viva o líder. Tudo pelo líder. Estou contigo Marques Mendes Luís Filipe Menezes

ZITA SEABRA

«Quando se perde não se deve levar a bola para casa»

O momento não é para amuos, considera Zita Seabra, que por isso aceitou continuar a ser vice-presidente do PSD, depois de ter ocupado este cargo durante a liderança de Marques Mendes. Esta social-democrata considera que no partido e na política «quando se perde não se leva a bola para casa».
TSF Online

2-Outubro-2007

Demitido do dia: coordenador PJ caso Madeleine Maccann

Não comunicar e demitir quem abre a boca.

Falar demais ou trabalhar numa polícia pouco democrática.

Declarações ao DN desagradam à direcção da PJ Gonçalo Amaral demitido

O coordenador da PJ de Portimão deixa a investigação do desaparecimento de Madeleine McCann.

Em causa estão as declarações ao DN onde critica a polícia inglesa. A Direcção Nacional da PJ demitiu hoje o coordenador da PJ de Portimão, Gonçalo Amaral, que deixa igualmente de liderar as investigações ao desaparecimento de Madeleine McCann.

Segundo o Expresso apurou, o despacho de cessação da comissão de serviço foi assinado esta terça-feira e deve-se às declarações de Gonçalo Amaral ao DN, onde fazia fortes críticas à polícia inglesa. Gonçalo Amaral vai regressar à PJ de Faro.

EXPRESSO — Notícias, opinião, blogues, fóruns, podcasts. O semanário de referência português.

Mais trabalho e menos conversa

É a frase do dia. Do advogado dos Maccan em Portugal.

"Mais trabalho e menos conversa"

Carlos Pinto de Abreu comentando as queixas do coordenador da Pj para o caso Maddie.

O coordenador da PJ queixa-se da polícia inglesa e de que os congéneres britânicos só perseguem as pistas que não consideram os pais de Maddie suspeitos da morte da menina.

E nesta guerra de comadres-policia o inteligente advogado atirou na rádio (Antena 1 ) o sound-byte dia.

"Mais trabalho e menos conversa"

Nada como atacar para melhor defender.

30-Setembro-2007

Um desgraça, menezes, uma desgraça

Frase do dia do avô Soares.

"Eleição de Menezes foi uma desgraça"

Em seis simples palavras disse o que muitos pensam.

Um verdadeiro político capta os momentos fotograficamente e dispara-os de volta com simplicidade.

Marcelo Rebelo de Sousa que se cuide. O avô Soares está de volta.

Por falar em avôs… O avô Anibal deve estar para morrer. E o avô Sampaio deve estar a rir-se perdidamente.

Dica do dia: cada presidente tem o Santana Lopes que merece.

E a festa ainda agora começou.

Eleição de Menezes foi uma desgraça

Mário Soares, antigo Presidente da República comentou sábado à noite a eleição de Luís Filipe Menezes, considerando que “foi uma desgraça o que aconteceu ao PSD”.

Em declarações à TSF, o socialista frisou que “aquilo que sucedeu é uma coisa que não nos agrada”.

“Um Governo precisa de uma oposição forte e estruturada, porque senão o Governo pode dizer que não há alternativa e que pode fazer o que quiser”, advertiu o antigo Chefe de Estado.

Menezes venceu sexta-feira as eleições directas do PSD, derrotando Marques Mendes.

29-Setembro-2007

PSD Luis Filipe Menezes novo líder

Filed under: som do dia — Pp @ 1:09
Tags: , , , , , ,

O homem que soltou um dos mais brilhantes sound-bytes de que há memória acaba de ser eleito presidente do PSD.

Menezes disse:

“Sulistas, elitistas e liberais”

Palavras mágicas. Vaia geral no congresso. Abertura dos telejornais. Menezes a chorar na casa de banho.

Os próximos tempos prometem.

Se o PSD não se cindir ou Menezes decidir ordenar a invasão do Porto sobre a ponte D. Luís.

Logo agora que Pedro Santana Lopes fez aquela birra na SIC.

25-Setembro-2007

Como enfrentar uma audiência feroz

//blog.camera.org/archives/1978466971_1999998627_180605_337x253_ahmadinejadE a frase do dia vai para….

O fabuloso presidente do Irão.

Declarando que no Irão não existem homossexuais.

Claro que a audiência da Universidade de Columbia nos Estados Unidos riu-se.

Mas a sua verdadeira audiência – o povo iraniano- deve ter aplaudido.

Dica do dia: fale sempre para quem quer que o escute, independentemente dos palhaços que estão à sua frente.

«No nosso país não há homossexuais»

O presidente do Irão, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou esta segunda-feira que não existe homossexualidade no país que preside. Durante uma conferência na Universidade de Columbia, Nova Iorque, perguntaram-lhe sobre os direitos dos homossexuais no Irão. «No nosso país não há homossexuais», afirmou Ahmadinejad.

Incomodado com o tema, o presidente iraniano preferiu falar sobre os direitos das mulheres. Perante a insistência da pessoa que o questionava, hesitou alguns segundos e negou a existência deste tipo de orientação sexual no Irão. Recorde-se que no país homossexualidade é crime punível com pena de prisão.

O tema foi muito debatido recentemente quando uma lésbica iraniana, Pegah Emambakhsh, que corria o risco de ser deportada pelo Reino Unido temia ser apedrejada ao voltar para o seu país. Emambakhsh refugiou-se no Reino Unido em 2005 depois de a sua parceira ter sido detida, torturada e apedrejada no Irão.

in PortugalDiário

20-Setembro-2007

Mourinho: o despedimento e os SMS

Filed under: futebol,relações públicas,sms,som do dia — Pp @ 9:55

José Mourinho foi despedido. As notícias oficiais dizem que Mourinho e o Chelsea rescidiram o contrato por mútuo acordo. Mas a pequena mensagem escrita por telemóvel (SMS) do treinador aos seus principais jogadores diz:

“- Vou ser despedido

Com esta pequena mensagem podemos aprender várias coisas.

  1. Qualquer notícia cabe em poucas palavras
  2. Os factos superam os contextos
  3. Mourinho provou que a comunicação é um dos seus pontos fortes
  4. Um SMS diz tudo, sem explicar nada
  5. Os relações públicas do Chelsea estão a mascarar a realidade
  6. Mourinho fintou-os, divulgando o seu despedimento através dos seus cúmplices, os jogadores
  7. José Mourinho ganhou com este SMS uns valentes milhões de euros (a diferença entre sair por vontade própria ou ser despedido com contrato em vigor)

Hoje não o dia em que Scolari é castigado e se pode abrir uma vaga de treinador de selecção nacional de futebol?

Mourinho, manda-me um SMS se estiveres interessado no lugar.

15-Julho-2007

Apostamos uma frase do dia?

Detesto agências de comunicação, mas admiro Luís Paixão Martins.
Excuso-me a explicar o meu ódio visceral às agências que “comunicam” mas não resisto a citar LPM no seu blogue.
Quem olha assim, só pode ver mais longe.

Finalmente aos 53 minutos de telejornal
Almoço na Casa Filipe (Lamego).
Mesmo por cima de mim, um aparelho de TV (sem som) transmite o jornal da SIC. O pessoal come, bebe e conversa em conveniente animação. Finalmente, às 13 e 53,
todos se viram para a TV. “O que se passa?”, pergunto – já que não consigo ver a
televisão. “É o casamento de um homem muito alto”, respondem-me.
LPM,
13-07-2007

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.