Papel Principal

28-Junho-2007

Depois de Charrua governo demite directora de centro de saúde

Filed under: Sem categorias — Pp @ 19:22
Tags: , , , ,

Despacho n.o 13 288/2007
Pelo despacho n.o 1/2007 do Ministro da Saúde, de 5
de Janeiro,
foi exonerada do cargo de directora do Centro de Saúde de
Vieira do Minho a licenciada Maria Celeste Vilela Fernandes Cardoso,
com efeitos à data do despacho, por não ter tomado medidas relativas
à afixação, nas instalações daquele Centro de Saúde, de um cartaz
que utilizava declarações do Ministro da Saúde em termos jocosos,
procurando atingi-lo, manifestando a Dr.a Maria Celeste Vilela Fernandes
Cardoso não reunir as condições para garantir a observação
das orientações superiormente fixadas para prossecução e implementação
das políticas desenvolvidas pelo Ministério da Saúde. (Não
carece de fiscalização prévia. Não são devidos
emolumentos.)
1 de Junho de 2007.—O Coordenador, José Agostinho Dias
de Castro e Freitas.

A directora do centro de saúde de Vieira do Minho foi demitida porque não mandou retirar cartaz a gozar com o Minstro da Saúde
O cartaz que levou à demissão da directora do centro de saude de vieira do minho é uma simples fotocópia do jornal de notícias onde o ministro da Saúde aparece a dizer “que nunca foi nem irá a alguma vez a um SAP – as conhecidas urgências dos centros de saúde.
Na fotocópia colocada na sala de espera do centro de saúde, um médico escreveu em tom de brincadeira um aviso aos utentes:
“Cuidado que estão num sap!” numa alusão à declaração de Correia de Campos.
Esse cartaz foi colocado num fim-de-semana.
Nesse mesmo fim-de-semana um funcionário co centro de saude acompanhado por um membro do PS local e com uma maquina fotográfica tirou ums fotos e retiram o cartaz criticando o ministro da saúde.
Logo de seguida pediram o livro das reclamações e escreveram o seu protesto.
A directora do Centro de Saúde de Vieira do Minho Maria Celeste Cardoso quando chegou na segunda-feira recebeu vários telefonemas de protesto e a de pressão para que demitisse de imediato dado que não mandou tirar o cartaz contra o inistro da saúde.
Só que o cartaz já lá não estava.
A directora do centro de saude foi chamada então à subregião de saúde e demitida.
Um ano volvido sobre o caso, está publicado no diário da república de ontem o despacho de demissão da directora.

1 Comentário »

  1. Olá.
    Excelente template!
    E essa estória… uma abordagem à realidade ou, antes, um relato?
    Enfim…
    Cito-o no Fliscorno.

    Comentar por Raposa Velha — 28-Junho-2007 @ 23:37 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: